24 agosto 2011

Caminhando com Ele

E percorria as cidades e as aldeias, ensinando, e caminhando para Jerusalém. (Lucas 13:22)


A vida com Jesus não é uma escadinha que quando você peca você caí lá embaixo e daí tem que voltar a subir tudo de novo... Esquece isso!

O caminhar com Jesus é você caminhar e ouvir o que Ele tem pra dizer durante essa caminhada.

Uma coisa você vai saber durante essa caminhada: que Ele te ama incondicionalmente! 



E caso você se desconcentre do assunto e perca os passos da caminhada, e se desvie do caminho, Jesus ainda assim vai mirar em você e vai te esperar até você voltar os olhos pra Ele e, quando você olhar pra Ele, Ele vai dizer: "Vem, vamos continuar nosso assunto nessa caminhada", e você, em arrependimento, se achegará a Ele novamente e juntos continuarão o Caminho até o fim!


A moral é que na vida cristã, muitos são os caminhos, muitos são os tropeços, muitos são os entretenimentos, mas o que realmente vai importar, é se você tem um objetivo de chegar no final do único caminho, com Jesus.
 Jesus sempre vai estar disposto pra te esperar e pra te amar, por que ele sempre te amou, te ama e sempre te amará INCONDICIONALMENTE! A questão é, se você está disposto a corresponder a esse amor!


No amor d'Ele...
Lucas Miller

26 abril 2011

A prática da vida cristã



"Perto está o SENHOR de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade." Salmos 145:18

Dia desses batendo um papo com um amigo, ele me revelou algumas de suas fraquezas. Foi bacana da parte dele ter confiado isso a mim, mas a questão aqui não é sobre o assunto que conversamos, mas foi o rumo que esta tomou.

Enquanto ele ia me falando estas coisas, eu me peguei internamente com meus pensamentos, na tentativa de arranjar algum argumento sobre o que eu iria dizer pra ele naquela situação. Iria dar uma palavra de consolo? Uma palavra de motivação? Na verdade nem um e nem outro!
Vi-me na situação dele e pensei: “O que eu faria diante das minhas revelações? O que eu faria depois de me rever, depois de rever o meu interior?

Por várias vezes, compartilhamos da nossa vida com alguém, na tentativa de ouvir algo que nos traga esperança pra continuar na caminhada e resolver algum problema ou até mesmo, que nos traga algum consolo espiritual. Não julgo essa questão de darmos alguma palavra de consolo ou motivação, por que isso se faz necessário e é importante às vezes pra quem está ouvindo.
O negócio é que na minha situação, eu confrontei o cara e disse pra ele: "Cara, eu não tenho nenhuma palavra pra te dar. O que eu posso te dizer é... Coloca em prática tua vida cristã. Levanta de manhã e vai orar, vai ler a bíblia, fala com Deus e busca resolver tuas aflições com Ele. Ele é melhor em palavras do que eu."

Óbvio que eu me senti inútil depois de toda confissão do meu amigo e não falar mais nada além disso!

Mas enquanto eu falei isso pra ele, eu entendi uma coisa. Essa é a forma de colocarmos nossa vida cristã em ação.

Eu penso que, às vezes vivenciamos tanta "lenga-lenga" dentro da igreja durante alguns anos da nossa fé, que acomodamos nosso ser (corpo, alma e espírito) na realização efetiva das coisas cristãs. Digo isso, por que sei de mim e confesso que me peguei nesta situação por várias vezes.

Acredito que nossa vida cristã é baseada em princípios. Assim como, desde que nascemos aprendemos a ter princípios e valores de educação com o próximo, na nossa vida cristã é a mesma coisa. Ela é fundamentada nos valores reais da vida que se leva com Jesus e nos princípios de seus ensinamentos.

Jesus disse: "... buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33). É claro que este versículo, inteirando o capítulo, fala sobre as necessidades básicas do homem como comida e roupa, mas a questão é, se nós buscarmos em Deus, Ele vem e nos supri. Se buscarmos em Deus, Ele vem e nos ensina e se, buscarmos em Deus, Ele vem e nos consola, nos dá esperança, nos fala aquilo que realmente precisamos ouvir.

Jesus era e é o Cristo e tinha sua vida aqui na terra baseada em princípios e valores a qual ele falava ao povo. Nós somos os pequenos cristos, logo, nossa vida também deveria tender pra este lado.

Jesus deixou vários exemplos da sua vida (e Ele era tão simples!). Ele orava, Ele jejuava, Ele citava a bíblia, Ele evangelizava. Coisas que estão ao nosso alcance e que todos nós podemos fazer.

O que quero dizer é que toda essa prática nos dá poder de muita coisa. Dá-nos um entendimento claro da verdade que acreditamos e que um dia aceitamos (por que muitas vezes, por causa da religiosidade, deixamos de acreditar) e fortalece a nossa fé na caminhada. Nos dá a esperança da vida, de viver de forma simples, como Jesus, sem problematizar todas as coisas, mas crer que em todo o momento Jesus está conosco e que Ele sempre nos dará o suporte que precisamos.

Ele é um ser vivo, verdadeiro e real e que faz as coisas acontecerem segundo a medida e proporção da nossa fé. Por isso a importância de exercemos nossa fé. Nossa vida cristã.

Jesus não é um senhor de clichês de frases prontas. Não seja um crente religioso (Salmo 32:8-9) usando de sua vontade pra que as coisas aconteçam, mas seja sincero com Deus.
Seja corajoso e fale ao Pai toda sua preocupação, ore a Ele toda sua tristeza e também agradeça pelas alegrias. Chore, ria, pranteie e também cante. Pratique o amor de Jesus. Ajude quem precisa e fale do amor de Jesus pra outras pessoas. Leia e medite sobre esse amor. Cante desse amor.

A vida é uma linda canção de amor que só você e Ele sabem cantar!

Vamos praticar? Mãos a obra!

No amor de Jesus...
Lucas Miller

19 abril 2011

O Amor... Parte II - I João - Capítulo 4


Eaí amigos...

Bom, ontem postei um texto falando sobre o amor, que era algo que estava no meu coração há algum tempo. Mas falando sinceramente, eu, talvez já tivesse lido (ou não) o capítulo 4 de I João no novo testamento, mas não havia prestado a atenção para o texto. Depois de escrever e postar, eu li o texto completo neste livro, e me deparei com a realidade do que escrevi. 

Eu fiquei feliz por saber que, o que eu escrevi é algo verdadeiro e que tem base para provar que não é algo do meu intento carnal. Acho que Deus realmente falou comigo e eu, sem querer, acabei parafraseando o texto de I João, capítulo 4


Segue

1   Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes, provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora.
2   Nisto reconheceis o Espírito de Deus: todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus;
3   e todo espírito que não confessa a Jesus não procede de Deus; pelo contrário, este é o espírito do anticristo, a respeito do qual tendes ouvido que vem e, presentemente, já está no mundo.
4   Filhinhos, vós sois de Deus e tendes vencido os falsos profetas, porque maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo.
5   Eles procedem do mundo; por essa razão, falam da parte do mundo, e o mundo os ouve.
6   Nós somos de Deus; aquele que conhece a Deus nos ouve; aquele que não é da parte de Deus não nos ouve. Nisto reconhecemos o espírito da verdade e o espírito do erro.
7   Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.
8   Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor.
9   Nisto se manifestou o amor de Deus em nós: em haver Deus enviado o seu Filho unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele.
10   Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados.
11   Amados, se Deus de tal maneira nos amou, devemos nós também amar uns aos outros.
12   Ninguém jamais viu a Deus; se amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o seu amor é, em nós, aperfeiçoado.
13   Nisto conhecemos que permanecemos nele, e ele, em nós: em que nos deu do seu Espírito.
14   E nós temos visto e testemunhamos que o Pai enviou o seu Filho como Salvador do mundo.
15   Aquele que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele, em Deus.
16   E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós. Deus é amor, e aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus, nele.
17   Nisto é em nós aperfeiçoado o amor, para que, no Dia do Juízo, mantenhamos confiança; pois, segundo ele é, também nós somos neste mundo.
18   No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor.
19   Nós amamos porque ele nos amou primeiro.
20   Se alguém disser: Amo a Deus, e odiar a seu irmão, é mentiroso; pois aquele que não ama a seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê.
21   Ora, temos, da parte dele, este mandamento: que aquele que ama a Deus ame também a seu irmão.

No amor de Jesus...
Lucas Miller

18 abril 2011

O Amor... Parte I


E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele. 1 João 4:16

Talvez eu não saiba como expressar o amor... 

Até porque o amor não é mesmo para ser explicado, mas sim para ser sentido, de formas que não existem palavras para descreve-lo. Apenas sentir.

Eu sinto o amor da minha esposa. Sinto o amor dela por mim, quando vejo que ela se preocupa em cuidar de mim, quando ela faz algo pra me agradar, quando ela me defende, quando ela me apoia, quando ela tenta me fazer ver que estou equivocado em alguma decisão (acontece muito disso no casamento ;)), quando ela me auxilia, quando ela briga comigo, quando ela está perto e quando ela está longe, eu sinto o seu amor. Enfim, em tantas coisas que convivemos e que só nós sabemos em nossa intimidade. Eu sei que ela me ama por que além de sentir, eu vejo ela fazendo isso por mim.

Sentimos o amor das pessoas. Sabemos quando as pessoas que estão a nossa volta, nos ama sem interesses, nos ama na simplicidade de quem nós somos, na humildade da amizade mútua que nos envolve e nos entrelaça na comunhão verdadeira. Nos ama sem querer apontar (leia-se julgar) quem nós somos ou o que fazemos, mas fala (e é necessário falar) quando é para ajudar, para levantar, para dar um norte, afastar-se, se necessário, tudo em nome do amor que se tem pelo próximo e que, se pode sentir através de cada atitude. Não importa quem sejamos... importa que o Amor nos faz um!
"É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã...", já dizia Renato Russo em seu cristão enrustido...

Eu sinto o amor do Pai. Sinto quando Ele vem e me ama incondicionalmente. Sinto quando Ele vem e me ama sem olhar para os meus defeitos que eu mesmo observo em mim todos os dias. Sinto quando Ele vem e me ama quando me sinto cheio de pecado, cheio de pré-conceitos sobre mim mesmo. Mas Ele vem e me ama.
Eu sinto o Seu amor quando tudo está danto certo e sinto Seu amor quando, pra mim, tudo parece estar dando errado, o que na verdade está tudo tranquilo, pois na verdade quando, pra mim, parece estar dando tudo errado, é só Deus que está me ensinando a viver, a conviver e a interpretar a Jornada de uma forma mais verdadeira e correta. E digo também, de uma forma mais simples!

Dia desses atrás, eu estava um pouco aflito com algumas coisas, mas quando nem percebi, me encontrei diante do amor de Jesus. Ele veio e me abraçou. Não senti braços me apertando, nada disso, mas senti um amor tão grande, TÃO GRANDE, que não pude conter meu choro, não pude conter minhas razões e certezas e joguei tudo pra fora, por que sei e entendi que esse amor iria me libertar dos meu conceitos, da minha aflição e iria me impulsionar a continuar convicto na fé e na esperança de que tê-Lo é tudo o que preciso. Eu vi que aquela aflição era um momento na qual eu estava passando para aprender certas coisas necessárias pro meu caminhar.

Em nossa caminhada, Jesus faz disso. Por causa do Seu amor por nós, ele nos ensina coisas de maneiras que não entendemos. Às vezes é um pouco difícil aceitarmos Seu ensinamento, mas aprendemos. E isso é bom!

Sabe, Deus é bom... Ele é perfeito em bondade e amor.

Ele, sim, é um Deus de Justiça, mas não pense que Deus faz juízo no tempo em que vivemos. Senão, não viveríamos no tempo da graça como é pregado nas igrejas e como a história bíblica nos ensina. Mas viveríamos os mesmos dias do histórico velho testamento.

Tem uma música que diz assim: "Cristo Redentor, olhando pra mim, abriu os Seus braços e me chamou...". É assim que vejo o preço pago por Jesus em amor e que nos deu salvação e liberdade... Tudo por amor!

As vezes se olha tanto pra justiça de Deus que se acaba esquecendo que Deus, acima do juízo, é amor! Muitos por aí, por que acham que são os santinhos da igreja (por que acham fazem todo o trabalho da igreja, por que são colados com o pastor, por que tem isso ou tem aquilo, por que acham que são bem de vida e não passam necessidades e etc...) acham-se no direito de expurgar e apontar o restante. Coisa do demônio, de Deus é que não é, por que de acusador eu só conheço satanás. Deus é amor, não juízo. (Pelo menos, não ainda...)
Obs.: Digo que Deus é Justiça e não juízo, pois o tempo o juízo dEle sobre nós é no Juizo Final!

Não limite o amor, não deixem que te limitem ou limitem seu coração a amar e receber desse amor! O amor de Deus está acima de qualquer coisa. QUALQUER COISA!

Seja livre, pois você recebeu e ainda vai continuar recebendo do amor dEle. Na verdade eu digo que o amor lança fora todo o medo, toda a angústia, toda a acusação, todo o juízo, toda a morte, toda a incredulidade, toda culpa, todo o pecado e nos faz novos n'Ele. Não nos faz outra pessoa diferente do que somos, mas nos faz ter uma nova perspectiva da vida.

Na verdade, costumo dizer que o amor de Jesus é um pacote completo que tem tudo que você precisa. TUDO! E você não precisa pagar nada por isso. É só querer!

Se esse amor que eu falo aqui, não fosse tão bom o quanto eu digo que é, eu não falaria dEle. Mas o amor de Jesus é perfeito. É bom!

Ame Jesus.
Ame as pessoas, incondicionalmente.
Ame e receba amor!

No amor dAquele que nos ama tanto...

Lucas Miller

01 abril 2011

ESTAMOS VOLTADOOOOOOOOO!!!

Eae amigos!

ESTAMOS VOLTADOOOOOOOOO!!!

Volto eu (Lucas) a escrever neste querido blog (por mim pelo menos é...)! Depois de algum tempo sem dar um trato e nem notícias nele, estou voltado e com algumas novidades. Na última vez que passei por aqui, dei uma cara nova, um novo layout para o blog, se vocês perceberam, mas não passou disso. Espero que tenham curtido!

Enfim, volto eu aqui com o desejo de compartilhar coisas novas com os amigos, com a igreja, com todos, seja quem for. Compartilhar Jesus com o mundo. Quero compartilhar coisas que tenho aprendido na minha jornada e que, podem talvez, acrescentar àqueles que seguem na caminhada com um propósito no coração.

Como sempre, voltarei a postar coisas que tem tocado meu coração na constante do momento e, que, no discernimento da palavra, acredito que seja proveitoso para o crescimento, amadurecimento e alerta para aqueles que buscam a verdade. Não que eu conheça a íntegra verdade, mas iremos descobrir juntos...

Aqui, também irei dar notícias sobre o ministério Semente Bendita, equipe esta que está em constante crescimento segundo a proporção que Deus tem permitido no Seu tempo.

Bom, tenho algumas novidades bem bacanas, mas ainda não vou falar... Por quê? Por que é legal criar expectativas. Breve as trarei aqui no Blog Semente Bendita.

Até mais e...

Grande abraço no amor d’Àquele que nos ama!
Lucas Miller

P.S.: Abaixo segue uma prévia do que estamos construindo... (Em fase experimental...)