19 abril 2011

O Amor... Parte II - I João - Capítulo 4


Eaí amigos...

Bom, ontem postei um texto falando sobre o amor, que era algo que estava no meu coração há algum tempo. Mas falando sinceramente, eu, talvez já tivesse lido (ou não) o capítulo 4 de I João no novo testamento, mas não havia prestado a atenção para o texto. Depois de escrever e postar, eu li o texto completo neste livro, e me deparei com a realidade do que escrevi. 

Eu fiquei feliz por saber que, o que eu escrevi é algo verdadeiro e que tem base para provar que não é algo do meu intento carnal. Acho que Deus realmente falou comigo e eu, sem querer, acabei parafraseando o texto de I João, capítulo 4


Segue

1   Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes, provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora.
2   Nisto reconheceis o Espírito de Deus: todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus;
3   e todo espírito que não confessa a Jesus não procede de Deus; pelo contrário, este é o espírito do anticristo, a respeito do qual tendes ouvido que vem e, presentemente, já está no mundo.
4   Filhinhos, vós sois de Deus e tendes vencido os falsos profetas, porque maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo.
5   Eles procedem do mundo; por essa razão, falam da parte do mundo, e o mundo os ouve.
6   Nós somos de Deus; aquele que conhece a Deus nos ouve; aquele que não é da parte de Deus não nos ouve. Nisto reconhecemos o espírito da verdade e o espírito do erro.
7   Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.
8   Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor.
9   Nisto se manifestou o amor de Deus em nós: em haver Deus enviado o seu Filho unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele.
10   Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados.
11   Amados, se Deus de tal maneira nos amou, devemos nós também amar uns aos outros.
12   Ninguém jamais viu a Deus; se amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o seu amor é, em nós, aperfeiçoado.
13   Nisto conhecemos que permanecemos nele, e ele, em nós: em que nos deu do seu Espírito.
14   E nós temos visto e testemunhamos que o Pai enviou o seu Filho como Salvador do mundo.
15   Aquele que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele, em Deus.
16   E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós. Deus é amor, e aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus, nele.
17   Nisto é em nós aperfeiçoado o amor, para que, no Dia do Juízo, mantenhamos confiança; pois, segundo ele é, também nós somos neste mundo.
18   No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor.
19   Nós amamos porque ele nos amou primeiro.
20   Se alguém disser: Amo a Deus, e odiar a seu irmão, é mentiroso; pois aquele que não ama a seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê.
21   Ora, temos, da parte dele, este mandamento: que aquele que ama a Deus ame também a seu irmão.

No amor de Jesus...
Lucas Miller

Nenhum comentário:

Postar um comentário