25 novembro 2009

O Cristianismo baseado em números


Estamos atualmente passando por um tempo em nossos templos (igrejas), em que a numeração dos membros ligados a estas comunidades, tornou-se mais importante do que a qualidade espiritual liberada dentro delas. Os números se tornaram mais importante do que o louvor e o culto que prestaremos Deus.

Na bíblia está escrito: “… se houverem dois ou mais reunidos em meu nome, ali Eu estarei”. Mais uma vez Deus mostra o quanto é simples e o que verdadeiramente importa é: PRESTAR CULTOS A ELE. Isso se torna algo simples, o Espirito Santo é muito simplista, ele quer o que verdadeiramente importa, nada além disso.

Há escassez de sabedoria e interpretação bíblica em muitos líderes religiosos (pastores) para entenderem que: O que mais vale é UMA alma no céu DO QUE O MUNDO INTEIRO. E isso infelizmente, tem se agravado muito. Seríamos uma geração debilitada pela falta de visão, ou as interpretações da bíblia tornou-se algo como nunca foi antes. Será que o Espírito Santo está se revelando de forma NUNCA VISTA? Sendo que tem se acrescentado até mais palavras insinuantemente “dizendo” que os discípulos esqueceram de pôr nela (na biblia)?.

O que tem acontecido, é um crescimento desordenado, com debilitações nos acompanhamentos e a perda rápida do foco entre o “povo” (a carência no pastoreio também existe). ATÉ QUANDO NÚMERO IRÁ MOSTRAR A FALSA QUALIDADE DE UMA IGREJA?

Esses líderes de igrejas numerosas, caem facilmente, podemos acompanhar os noticiários de nosso dia-a-dia. Esses buscam tanto por “almas”, simplesmente para lotar seus bancos, mais ao mesmo tempo os bancos estarão vazios.

Estando eles vazios, e não havendo a preocupação com essas almas vazias, elas se perdem e caem em processos de rancor e falta de perdão. Pois se na bíblia diz que: “… se um pastor tiver cem ovelhas e uma delas se perder pelo caminho, o pastor deve voltar e recolhe-la para que não se perca mais”, então, não estamos cumprindo o chamado de Deus. Se é para convivermos com pastores sem cajados, que se importam apenas com as ovelhas que estão saudáveis, então: PREFIRO VIVER O EVANGELHO “QUADRADO”.

Até quando nós, ovelhas, vamos ver nossos pastores dando maior atenção com aquelas que têm mais dinheiro? Ou simplesmente por serem apenas mais ovelhas? ATÉ QUANDO NÚMEROS SERÃO IMPORTANTES?
Todos somos filhos de Deus, todos temos direito a salvação e a vida eterna. Temos também direito ao acolhimento e direito de ter um guia.

Na hora de acolher, quando a “alma” está no mundo TODOS ACOLHEM. Todos querem aquele(a) para o seu “aquário” mas, quando a alma já la dentro do “aquário” e adoece, POUCOS QUEREM CUIDAR. E isto provoca algo chamado: ORFANDADE ESPIRITUAL.

Estamos atualmente em um tempo em que a bíblia se tornou uma prática desnecessária (principalmente para esses pastores pós-modernos). E as letras dos louvores se tornaram mais importantes do que há escrito na biblia, ou até mesmo (radicalizando) se tornaram nossas bíblias. E o “mais importante” , é que nossas igrejas estejam lotadas, para mostrar que: “esse são os nossos frutos”.

Não estou aqui criando esta publicação, para criticar a uma denominação específica, ou a alguma liderança religiosa da atualidade. O que quero é alertar do que tem acontecido hoje e expor minha opinião. Se há igrejas grandes, com muitas pessoas, amém. Claro, se estiver havendo foco correto (Deus).

E termino com o seguinte alerta: Precisamos vigiar! Devemos saber que verdadeiro foco do nosso coração deve ser Deus e ter cuidado para que ele não se perca, pois os dias são curtos, e tem chegado o tempo. E eu deixo a seguinte pergunta:

Como será o futuro da igreja?
====================

Li no blog SOLOMON1

Nenhum comentário:

Postar um comentário