22 outubro 2009

Hermanos da JUCUM no Sul‏


A passagem dos estudantes da JUCUM Argentina aqui no nosso estado foi muito proveitosa!

Foram realizados impactos evangelísticos por ruas das cidades de Porto Alegre e de Canoas, reuniões com pastores, cultos de despertamento à visão missionária, trabalhos com crianças carentes, tempos de oração, intercessão e, sobretudo, adoração, muita adoração.

O chamado do Brasil como nação adoradora, quebrantada e sensível à presença de Deus se propaga entre as nações da terra e para esse grupo que veio até nós para seu treinamento prático creio que a impressão que lhes ficou foi a de que esse chamado é uma verdade real aqui entre nós.

Ficaram hospedados no Centro de Adoração de Canoas - CAC, um lugar que eu costumo chamar carinhosamente de Santo dos santos. Uma casa de adoração disponível à Noiva 24 horas por dia - sim, isso existe aqui no sul – e que recebeu àqueles irmãos representantes de 9 nações diferentes com o coração e os bolsos dilatados, liberando sobre eles um abraço fraternal que certamente marcou suas vidas.

Dentre os preciosos momentos de comunhão e adoração que tivemos juntos em vários lugares, gostaria de destacar o culto que realizamos lá no CAC, na quinta feira, dia 8 de outubro. Além dos irmãos que ali congregam junto com o amigo / adorador / guardador de carros / mecânico / tocador de trombone e pastor Enéias, vários convidados de diversas denominações apareceram para compartilhar daquele momento internacional de ação de graças. Vimo-nos ali reunidos como se tivéssemos sido pinçados cada um de sua terra para presenciar aquele momento grandioso na presença de Deus. Foi um culto aparentemente normal, com música, pregação e apelos, mas dentro de cada coração, havia a convicção de que estávamos fazendo a história.

Essa sensação paga qualquer conta na vida de um crente! Saber que está sendo um instrumento nas mãos de Deus para a realização de sua Obra na Terra que Ele tanto ama.

Embora tenhamos passado por algumas situações difíceis, com alguns percalços e falhas de comunicação, nada pode se sobrepor ao tamanho da bênção que significou a vinda de nossos hermanos até nosso estado. Entendemos que um grupo tão grande e heterogêneo, gera um razoável trabalho logístico para eles mesmos e também para as igrejas que solicitaram sua visita e apoio.

Por esta razão, gostaria de agradecer a todos os que receberam em suas igrejas nossa equipe e que, com seus corações abertos a esta visão de Deus para este tempo, apoiaram contribuindo com todos os recursos necessários para uma estadia confortável e digna, dentro dos moldes da visão de generosidade do Reino de nosso Senhor e ainda honrando a fama de hospitalidade e receptividade do nosso povo gaúcho.

Estou pessoalmente sensibilizado com tudo o que aconteceu aqui nestes últimos dias e creio que a contribuição e o carinho de cada um de nós está subindo à presença de Deus como um perfume muito suave e agradável.

Shalon!

rafa


Nenhum comentário:

Postar um comentário